UM OLHAR SOBRE A QUESTÃO DA SEGREGAÇÃO SOCIAL E RACIAL EM MACAPÁ – AP

Este artigo pretende trazer uma abordagem da situação socioeconômica do negro no Brasil e iniciar uma discussão sobre o espaço do negro na configuração do espaço urbano no País e, especificamente, no município de Macapá, capital do estado do Amapá. Para tanto, realiza uma análise de natureza bibliográfica, trazendo contribuições de diversos autores que abordam a temática, e propõe uma análise crítica no município de Macapá – AP, trazendo reflexões sobre ser considerada a capital com menor segregação racial do país, a partir da visualização de dados raciais do IBGE (2010) incorporados a um sistema de mapas. Palavras-chave: segregação racial; relações étnico-raciais; espaço urbano; Macapá.

Deixe uma resposta